[ editar artigo]

Black Friday e Endividamento - Cuidados com as compras

Black Friday e Endividamento - Cuidados com as compras

Já destacamos, aqui mesmo na comunidade, a importância de separar as finanças pessoais e as da sua empresa e não poderíamos deixar de falar a respeito desse assunto novamente com a proximidade de uma data tão significativa como a Black Friday. 

Considerada a segunda data mais importante do varejo, a Black Friday pede atenção especial dos empreendedores autônomos, por ser um período de muitas oportunidades tanto para seu negócio como para você mesmo, enquanto cliente com potencial de consumo. E é aí que entra sua organização para manter as contas em dia e não deixar que suas finanças pessoais impactem o seu negócio.  

Durante a Black Friday, as tentações para que você compre são muitas. Entretanto, é importante sempre analisarmos se realmente precisamos gastar, ou estamos, simplesmente, atendendo a apelos momentâneos. Nós brasileiros somos, culturalmente, levados a comprar por impulso, usando inclusive cartão de crédito. É hora de mudarmos esse péssimo hábito pelo planejamento, organização financeira e poupança.

De acordo com dados da FECOMERCIO, a proporção de famílias paulistanas endividadas em agosto subiu de 55,7% em julho para 58% em agosto, alta de 2,3 pontos porcentuais. Na comparação com o mesmo período do ano passado, a elevação foi maior: 4,4 pontos percentuais, o que significa quase 200 mil famílias a mais do que em 2018.

Confira algumas dicas para refletir neste período e não cometer erros que levam ao endividamento:

1 – Você tem dinheiro?

Essa é a parte mais importante: saber quanto você possui para fazer as suas compras com tranquilidade. Procure se organizar financeiramente antes de sair comprando e coloque tudo em uma planilha. Assim fica mais fácil se organizar e ter ideia de quanto poderá gastar.

2 - Pesquisar se realmente está com um desconto.

Comece a procurar em sites de lojas alguns meses antes o(s) produto(s) que você tem interesse em comprar. Anote tudo: preço, modelo e condições de pagamento. Assim que a Black Friday chegar, você já terá ideia do que realmente vale a pena investir e, assim, não será enganado com falsos descontos.

3 - Evite usar o cartão de crédito.

Se optar por compras parceladas, é sempre importante lembrar que o recurso que existe no cartão de crédito é “emprestado” e não faz parte da sua renda. Tenha em mente que tudo o que você gastar deverá pagar. E quanto mais parcelas, mais juros estarão embutidos.

4 – Em caso de compras online, certifique-se de que é site seguro

Acesse sites de lojas confiáveis e busque, caso não esteja seguro em realizar a compra. A internet pode ser uma grande aliada nesses momentos. Use-a a seu favor.

5 – Limite-se a gastar apenas com o que precisa

Parece meio óbvio, mas é muito comum, no momento de concluir sua compra, a loja ou o vendedor oferecer outros produtos com descontos tentadores. Nesses casos, o que seria uma boa oportunidade acaba virando uma cilada de gastos desnecessários e a aquisição de itens que você, no fundo, nem precisava. Se precisar de um estímulo para manter a disciplina, tenha em mente que o ano já está na reta final e você não vai querer começar o ano seguinte comprometido com dívidas.

 

Comunidade Impacto 8
Ler matéria completa
Indicados para você